Especialistas em tratamentos de câncer de toda a América Latina se reúnem no Rio de Janeiro para discutir os progressos na Radioterapia | Varian

Especialistas em tratamentos de câncer de toda a América Latina se reúnem no Rio de Janeiro para discutir os progressos na Radioterapia

RIO DE JANEIRO, 11 de julho de 2011 /PRNewswire/ -- Os avanços na radioterapia para tratamento de câncer foram um dos tópicos discutidos durante quatro dias de apresentações científicas no 13o Congresso Anual da Sociedade Brasileira de Radioterapia (SBRT), realizado no Rio de Janeiro no mês passado. O Congresso, que contou com a participação de 900 clínicos de toda a América Latina, teve a presença de especialistas renomados de todo o mundo que discutiram o uso de formas avançadas de radioterapia no tratamento de câncer de mama, próstata, cólon, cérebro, câncer ginecológico e de cabeça e pescoço.

"A radioterapia é mais útil e eficaz atualmente do que em qualquer outro período da história, graças, principalmente, a importantes desenvolvimentos tecnológicos", disse o Dr. Carlos Manoel Mendonça de Araújo, presidente da Sociedade Brasileira de Radioterapia (SBRT) e diretor do Departamento de Radioterapia  do Instituto Nacional do Câncer (INCA) no Rio de Janeiro. "O governo brasileiro reconheceu a importância da radioterapia moderna na luta contra o câncer, comprou equipamentos novos para os hospitais públicos e aumentou o reembolso para esse tipo de tratamento. É provável que nos próximos anos vejamos um aumento significativo dos recursos de radioterapia nos centros de tratamento em todo o Brasil e na América Latina."

A radioterapia é o uso terapêutico cuidadosamente planejado de feixes de raios-X de alta energia que são capazes de matar as células do câncer de rápido crescimento. A forma mais moderna de radioterapia usa tecnologia especial de modulação de raios para direcionar o feixe especificamente  para o tumor e minimizar ao mesmo tempo a exposição de tecidos saudáveis circundantes. Esse tipo de radioterapia é  chamado de "radioterapia de intensidade modulada" (IMRT, sua sigla em inglês).  . . Os tratamentos com IMRT podem ser  direcionados utilizando-se imagens em tempo real para aumentar ainda mais a precisão do tratamento, levando em consideração as mudanças no tumor e anatomia circundante ao longo do tratamento, o que exige frequentemente até 40 sessões de tratamento durante cinco a sete semanas. Essa "radioterapia guiada por imagem" (IGRT, sua sigla em ingles) e a “radioterapia de intensidade modulada (IMRT) estão sendo adotadas em alguns dos  principais centros de Radioterapia do Brasil, inclusive o INCA. Muitas dessas instituições utilizam tecnologia da Varian Medical Systems (NYSE:VAR).

"Várias apresentações do Congresso deste ano foram feitas por médicos dessas instituições, que possuem agora uma experiência considerável em radioterapia guiada por imagem e IMRT", disse o Dr. Araújo. "Nossa esperança é continuar expandindo o número de centros de tratamento totalmente equipados e capazes de fornecer essas formas avançadas de tratamento, para que a maioria das pessoas no Brasil que precisarem de radioterapia possam ter acesso a esse nível de tratamento."

Os avanços no tratamento guiado por imagem e feixes modulados trouxeram também outra abordagem que está surgindo para tratar o câncer. A radioterapia estereotáxica do corpo (SBRT, sua sigla em inglês), uma técnica que está se expandindo nos países desenvolvidos e em desenvolvimento em todo o mundo, envolve ministrar doses mais altas com grande precisão e mais rapidez -  uma a cinco sessões de tratamento em vez de 40 aproximadamente.. A redução no número de sessões para tratamento poderá melhorar o acesso ao tratamento e reduzir seu custo para os pacientes e centros de tratamento, sem sacrificar os resultados. Várias apresentações do Congresso este ano abordaram as possíveis vantagens da SBRT, que também foram destacadas em um estudo recentemente publicado por uma equipe internacional de especialistas no International Journal of Radiation Oncology, Biology, Physics.(1)

"Para os próximos anos, os principais objetivos  da Sociedade Brasileira de Radioterapia serão não só promover outras reuniões científicas sobre a tecnologia de radiação e suas vantagens, como também mostrar  a necessidade de novos centros de radioterapia no Brasil que tenham os equipamentos apropriados para o tratamento do câncer", disse o Dr. Robson Ferrigno, o próximo presidente da SBRT- Sociedade Brasileira de Radioterapia..

Sobre a Varian Medical Systems

A Varian Medical Systems, Inc. é líder mundial na fabricação de dispositivos médicos e software para o tratamento de câncer e outras condições médicas com a radioterapia, radiocirurgia e braquiterapia. A companhia fornece software de informática para gerenciar clínicas de câncer de grande porte, centros de radioterapia e consultórios médicos de oncologistas. A Varian é a principal fornecedora de tubos e detectores digitais para imagens de raios-X em aplicações médicas, científicas e industriais e também fornece produtos de imagens de raios-X para inspeção industrial e discriminação de cargas. A Varian Medical Systems emprega cerca de 5.500 pessoas que trabalham nas unidades de fabricação na América do Norte, Europa, e China, e cerca de 70 escritórios de suporte e vendas em todo o mundo. Para maiores informações, visite http://www.varian.com.

(1) Nagata Y et al. Stereotactic Radiotherapy Of Primary Lung Cancer And Other Targets: Results Of Consultant Meeting Of The International Atomic Energy Agency. Int. J. Radiation Oncology Biol. Phys., Vol. 79, No. 3, pp. 660–669, 2011.

PARA MAIORES INFORMAÇÕES, CONTATE:
Meryl Ginsberg
Tel: 650-424-6444
meryl.ginsberg@varian.com